Arquivo mensal setembro 2015

Marcos Abrão participa de encontro com AGU em apoio à aprovação da PEC 443/09

Matéria publicada em Opinião, Jornal Gazeta – 30/09/2015.

Deputados defendem valorização da Advocacia Pública Federal

Matéria publicada em Política & Justiça, Diário da Manhã – 30/09/2015.

Em outubro, brasileiros irão às ruas em defesa da democracia

Integrante da Frente Brasil Popular (FBP), o Partido dos Trabalhadores (PT) vai participar das manifestações programadas para os dias 2 e 3 de outubro, em defesa da Petrobras e da democracia. A convocação para as manifestações foi reforçada pelo presidente do PT, Rui Falcão, em editorial publicado nesta segunda-feira (28).

O primeiro ato, no dia 2, de iniciativa da Fundação Única dos Petroleiros (FUP) e metalúrgicos dos estaleiros navais, acontecerá em Niterói, no Rio de Janeiro, em defesa do regime de partilha do pré-sal e da Petrobras.

O Dia Nacional de Mobilizações, organizado pela Frente Brasil Popular, acontecerá no dia seguinte ao ato dos petroleiros e será realizado em todo País em defesa da democracia, dos direitos dos trabalhadores e de reformas populares.

De acordo com o secretário nacional de Movimentos Populares do PT, Bruno Elias, a legenda tem acompanhado todas as mobilizações e convocado a militância se engajar plenamente no processo de defesa das garantidas democráticas.

“Nesse dia 3 não se trata de apenas uma pauta, mas de culminar a defesa da democracia com pauta de reivindicações históricas dos movimentos sociais e dos trabalhadores”, explica Elias.

A Frente Brasil Popular, segundo Bruno Elias, tem discutido um conjunto de iniciativas, como a plataforma por um Brasil justo e democrático, que será lançada pela Fundação Perseu Abramo (FPA), nesta segunda-feira (28).

“O momento político exige um estado permanente de mobilização da nossa militância e do nosso partido”, ressalta Elias.

Para Alexandre Conceição, membro da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), é importante ir às ruas em defesa da democracia participativa. Na avaliação do representante dos movimento, a direita tenta, atualmente, um golpe contra a presidenta Dilma Rousseff e a criminalização dos movimentos sociais, das manifestações e dos protestos.

Alexandre Conceição também adverte ser necessário rediscutir uma reforma política por meio de uma Constituinte Exclusiva. Na avaliação do coordenador do MST, o veto de Dilma ao financiamento empresarial de campanha foi “um passo importante” para a causa.

“A gente quer uma democracia participativa a partir de um plebiscito popular no qual a gente possa fazer o debate e a construção de uma Constituinte de reforma política. Essa é uma das principais reformas de que o País precisa, com debates nas igrejas, no chão de fábrica, nos assentamentos, em todos os lugares do Brasil”, explica.

 

Comunicação Deputado Federal Rubens Otoni

 

PT pode bancar Edward Madureira para prefeito de Goiânia. Luis Cesar é outro nome viável

Matéria publicada em Bastidores, Jornal Opção – 27/09 a 03/10/2015.

Iniciada a maior obra da história de Anápolis

Matéria publicada em Comunidades, Tribuna do Planalto – 26/09/2015.

Na área da mobilidade urbana, Prefeitura dá início à maior obra da história da cidade

Matéria divulgada em Cidades, Jornal O Anápolis – 23/09/2015.

Anápolis/GO – Na área da mobilidade urbana, Prefeitura dá início à maior obra da história da cidade

Matéria divulgada em Cidades, www.jornalregionalcentrooeste.com.br – 22/09/2015.

PT discute nome de Adriano Montovani e eleições de 2016

Matéria publicada em Cidades, Diário da Manhã – 22/09/2015.

Na área da mobilidade urbana, Prefeitura dá início à maior obra da história da cidade

Matéria divulgada em Notícias, www.anapolis.go.gov.br – 22/09/2015.

Otoni participa de assinatura para maior obra de Anápolis

O Deputado Federal Rubens Otoni participou na manhã desta terça-feira, 22, da solenidade de assinatura da ordem de serviço para as obras de mobilidade urbana no município. Serão mais de R$74 milhões aplicados na construção de 47 quilômetros de corredores exclusivos para o transporte coletivo.

A empreiteira responsável já iniciou as intervenções para a implantação dos seis grandes corredores para o transporte público e a construção de dois vuadutos. “É um momento ímpar para a cidade. Já no próximo ano, vamos sentir os reflexos do grande investimento que estamos fazendo voltado para a qualidade de vida da população”, destacou o prefeito de Anápolis, João Gomes.

Já Rubens Otoni, aproveitou a oportunidade para parabenizar a administração petista da cidade. “Depois que o Partido dos Trabalhadores chegou à Prefeitura de nossa cidade, primeiro com o prefeito Antônio Roberto Gomide e agora com o companheiro João Gomes, foi o que fez a diferença no município. Anápolis está no caminho certo, com uma visão de administração planejada e responsável”, ressaltou.

O contrato assinado com a Caixa é fruto do programa Pró Transportes – PAC 2 – Mobilidade Médias Cidades do Governo federal, através do Ministério das Cidades. Devido à sua grandiosidade, o projeto será executado em etapas e a primeira delas será a construção dos dois primeiros corredores ao longo da Avenida Brasil em seu eixo Norte – Sul, que compreende, também, a construção dos dois grandes viadutos que vão ser instalados nos cruzamentos das avenidas Brasil e Goiás e Rua Barão do Rio Branco e também no cruzamento da Avenida Brasil como a Rua Amazílio Lino.

Outras autoridades também compareceram ao lançamento das obras como a primeira-dama Lucimar Gomes, o secretário de Estado, Vilmar Rocha, a superintendente de negócios da Caixa, Elma Aparecida Inácio, o presidente da Câmara de Vereadores, Lisieux Borges, acompanhado de uma comitiva de parlamentares, o supervisor geral da empresa executora das obras (Jofege), Ulisses Maranhão, o ex-prefeito Antônio Gomide, os secretários municipais de Obras, Leonardo Viana, e o diretor-geral da CMTT, Alex Martins, representantes de federação, prefeitos de municípios da região e diversas outras autoridades

Sobre as obras

Segundo o secretário municipal da Obras, Leonardo Viana, as construções dos dois corredores e dos dois viadutos na Avenida Brasil serão simultâneas. “Esta primeira etapa tem prazo de conclusão para até o final do primeiro semestre de 2016”, disse. Ele ainda exemplificou as demais etapas que compreendem a execução das obras de mobilidade em Anápolis. “A implantação dos demais corredores, ou seja, nas avenidas Pedro Ludovico, Presidente Kennedy, Fernando Costa, São Francisco e JK, também será iniciada nos próximos meses. Nossa previsão é que tudo fique pronto ainda em 2016”, destacou o secretário.

Interdições

O diretor-geral da Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), Alex Araújo comentou sobre uma das principais preocupações da população no período de execução das obras: as possíveis interdições. Ele afirma que todos podem ficar tranquilos, pois estas serão realizadas de forma parcial. “Não vamos bloquear o tráfego durante as obras. Na Avenida Brasil, por exemplo, a quantidade de faixas de rolamento nos permite realizar interdições simples que não inutilizará o uso desta importante via”, ressaltou.

 

Veja mais fotos aqui. 

 

Comunicação Deputado Federal Rubens Otoni