Arquivo mensal outubro 2014

PMDB e PT querem buscar diálogo

Matéria publicada em Política, Tribuna do Planalto – 31/10/2014.

“A aliança com o PMDB tem tudo para continuar”

Entrevista de Ceser Donisete publicada na Tribuna do Planalto – 31/10/2014.

Um ano para ser esquecido pela oposição à Casa Verde

Matéria publicada em Política & Justiça, Diário da Manhã – 31/10/2014.

O Partido dos Trabalhadores defende a Reforma Política

O Partido dos Trabalhadores propõe mudar as regras das eleições para melhorar o sistema político brasileiro, fortalecer a democracia e dar mais transparência ao processo eleitoral. Dessa forma os cidadãos se tornam fiscais e propositores do Poder Público e o Estado é obrigado a tratar os problemas com mais agilidade e em sintonia com os interesses populares.
 
Para isso, é preciso colher pelo menos um milhão e meio de assinaturas para levar ao Congresso Nacional um Projeto de Iniciativa Popular capaz de, a partir da convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte exclusiva, lançar as bases de um novo modelo de escolha e de representação popular.
 
O Deputado Federal Rubens Otoni defende a Reforma Política desde 2003, quando assumiu uma cadeira no Congresso Nacional. Rubens já foi relator na Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania e participou de vários debates e reuniões sobre o tema.
 
Ele acredita que a Reforma vai estar "na agenda" do Congresso e que vai apresentar avanços no próximo ano. “O cidadão deve ter mecanismos de controle mais abrangentes sobre os seus representantes, bem como mais espaços para participar das decisões do governo em todos os níveis”, afirma.
 
O Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político, realizado em setembro, chegou a quase oito milhões de votos no País, destes 97,05% votaram no “sim”. Um resultado que significa que 7,5 milhões de brasileiros acreditam na necessidade de realizar mudanças profundas no sistema político do País.

 

Para mais informações clique aqui.

Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619

PSDB e aliados impõem hegemonia inédita

Matéria publicada em Política & Justiça, Diário da Manhã – 30/10/2014.

Eleições em 2016

Nota publicada na Coluna Fio Direto, Diário da Manhã – 29/10/2014.

Famílias do Minha Casa Minha Vida Rural vão receber biodigestores

Famílias do Minha Casa Minha Vida Rural serão beneficiadas com o Projeto Biodigestores. A iniciativa faz parte de um acordo entre a Diaconia, uma organização não governamental, e o Fundo Socioambiental CAIXA (FSA). O projeto vai durar dois anos e beneficiará 335 famílias agricultoras em 23 municípios dos estados de Goiás, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
 
Os biodigestores são equipamentos que processam matéria orgânica – restos de alimentos, fezes e urina de animais – com água para gerar gás e adubo, conhecidos como biogás e biofertilizantes.
 
De acordo com o Deputado Federal Rubens Otoni o projeto permitirá as famílias ter uma opção adequada para os detritos e, ao mesmo tempo, economizará com o gás de cozinha. O projeto que está em fase inicial, pretende entregar 100 biodigestores nos seis estados até o fim do ano.

 

Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619

PT terá a maior bancada da Câmara Federal

O Partido dos Trabalhadores elegeu 70 Deputados Federais e terá novamente a maior bancada da Câmara dos Deputados no ano que vem, após a posse dos eleitos. Em segundo lugar, vem o PMDB, com 66 deputados. Como manda a tradição, a legenda com maior número de representantes costuma eleger o presidente da Casa.

Já o número de partidos com representação na casa, passou de 22 para 28. Dos atuais 32 partidos registrados na Justiça Eleitoral, apenas quatro legendas (PSTU, PCB, PCO e PPL) não elegeram representantes.

No Senado, o partido manterá 12 senadores, maior bancada depois do PMDB, que terá 18 parlamentares.

Até o dia da diplomação dos eleitos, 19 de dezembro, a Justiça deverá julgar recursos das candidaturas indeferidas por problemas, como falta de quitação eleitoral ou de documentação. Também se enquadram nesse caso recursos dos eleitos que tiveram o registro indeferido por força da Lei da Ficha Limpa.

Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619

“Força” petista

Nota publicada na Coluna Fio Direto, Diário da Manhã – 28/10/2014.

Agricultores de Goiás comemoram novo assentamento da reforma agrária

O Governo Federal oficializou a posse do imóvel rural Santo Antônio do Amparo, para mais um Projeto de Assentamento (PA) em Goiás. A área fica no município de Amaralina, a 306 quilômetros da capital Goiânia.

 A região de mais de oito mil hectares vai assentar 249 famílias e será o vigésimo PA da região norte de Goiás. Com esse novo assentamento, o Governo de Dilma já entregou dois milhões de hectares e investiu R$ 2 bilhões em reforma agrária. 

Como defensor da agricultura familiar, Rubens Otoni destaca que criar mais um assentamento, significa desenvolvimento da região, além de ser uma conquista para a reforma agrária e para os pequenos produtores rurais. 

Para o coordenador regional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Valdir Misnerovickz, esse é mais um momento importante da trajetória da luta do MST do Brasil e de Goiás. "Essa é a segunda porteira que abrimos em Goiás, este ano, e contemplará aproximadamente 500 famílias. Fecharemos 2014 com o maior número de famílias assentadas. Por ano, serão cerca de mil famílias. E, esse ano ficará marcado na história de Goiás como um ano de grandes conquistas", ressaltou.

 

Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619