Notícias

Produção de biocombustível no País já cresceu 8% em 2014

A produção brasileira de biocombustível atingiu o maior volume mensal de 2014, em julho, com 302 mil metros cúbicos, quantidade 26% maior do que a produzida em junho deste ano. Com isso, a produção atingiu 1.793 mil metros cúbicos no acumulado do ano, crescimento de 8% em comparação com igual período de 2013.
 
O aumento na produção de biocombustível foi alavancado com o início da mistura B6 (6% de biodiesel) no diesel, que está em vigor desde o dia 1º de julho. A partir de 1º de novembro, a mistura será elevada para 7%. Cada ponto percentual representa aumento de 600 milhões de litros na demanda pelo biocombustível. Com a nova regra, o Brasil se tornará o segundo maior mercado produtor de biodiesel no mundo. 
 
A Lei do Biodiesel, criada a partir do Projeto de Lei 526/2003 de Rubens Otoni, é forte aliada no desenvolvimento local e da agricultura familiar. Em vigor desde 2005, a norma previa a obrigatoriedade da presença de 5% de biodiesel no total da mistura do diesel comum.
 
O biodiesel é proveniente de fontes não petrolíferas, como a vegetal e animal. Além de ser menos poluente, é um tipo de energia renovável e com diversas matrizes alternativas. Dessa forma, a utilização do produto também incentiva a geração de empregos nos setores de plantio de soja, dendê, mamona, algodão, gergelim e girassol, do quais se extrai a matéria prima para a produção do biodiesel. 
 
Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619