Notícias

Número de mulheres que disputam as eleições cresce 48,5% no Brasil

Nas eleições deste ano, o número de mulheres que disputará cargos políticos cresceu 48,5% na comparação com o pleito de 2010. De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dos 25. 414 candidatos em todo o Brasil, 7.738 são mulheres, o que representa 31,7%. A maioria delas (7.260) concorre às vagas para deputada federal e estadual. 
 
Desde 1997, a Lei de Eleições prevê reserva de vagas para a participação feminina na disputa para deputados e vereadores. A partir de 2009, a Lei n° 12.034 obrigou os partidos a reservarem cota mínima de 30% para o público feminino.
 
Em Goiás, dos 1.025 candidatos, 302 são mulheres. Como no âmbito nacional, a maioria da participação feminina goiana se concentra nas candidaturas para vagas na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. São 51 candidatas à deputada federal e 246 para estadual. As goianas também concorrem a vagas para o Governo, o Senado e suplentes de Senado.
 
No Estado, o Partido dos Trabalhadores possui, em sua chapa majoritária, a candidata ao Senado, Marina Sant’Anna, a única mulher entre os setes concorrentes ao cargo. Já na disputa para a Assembleia Legislativa, há 15 candidatas petistas; outras três concorrem à deputada federal.
 
Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-6225 / 3701-0619