Notícias

Salário mínimo em 2015 pode chegar a R$ 788

Documento entregue pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, ao Congresso Nacional, nesta quinta-feira, 28, prevê para R$ 788,06 o salário mínimo a partir de 1º de janeiro de 2015. A estimativa faz parte do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para o próximo ano. 
 
Esse valor, que serve de referência para mais de 48 milhões de brasileiros, representa aumento de 8,84% em relação ao salário atual, de R$ 724. Desde que o PT assumiu a Presidência, em 2003, a remuneração mínima ao trabalhador vem sendo gradativamente valorizada. 
 
De acordo com a Constituição, a proposta deve ser aprovada até o dia 22 de dezembro. O Presidente do Senado, Renan Calheiros, garantiu empenho para que a LOA seja votada até o fim do prazo. 
 
Em abril, o Governo Federal havia estimado que o salário mínimo chegaria a R$ 779,79. Na ocasião, foi entregue ao Congresso o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2015, que define as metas e prioridades da administração pública federal e serve de base para a elaboração do Orçamento anual.
 
Pelas regras atuais estabelecidas pela Lei 12.382/2011, 2015 é o último ano em que será adotada a atual fórmula de correção do salário mínimo, que considera a variação da inflação do ano anterior – medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) – e a taxa de crescimento da economia de dois anos antes (Produto Interno Bruto). 
 
Com informações do Portal Brasil 
 
Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619