Notícias

“O PAÍS ESTÁ À DERIVA” afirma Rubens Otoni em entrevista à Rádio Difusora

O deputado federal Rubens Otoni (PT) concedeu entrevista ao Programa Rádio Livre na Rádio Difusora na manhã desta segunda-feira (22). O parlamentar foi entrevistado pelo radialista Edmílson sobre os trabalhos no Congresso Nacional neste ano de 2019, em especial sobre a proposta de Reforma da Previdência, apresentada pelo governo federal, e outros assuntos de interesse na política estadual e nacional.

Otoni  que é membro da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), explicou a tramitação da proposta de reforma da Previdência que atualmente está sendo avaliada pela CCJC, Comissão que tem a função de avaliar admissibilidade Constitucional.

O parlamentar criticou a proposta e afirmou que vai votar contra. “É uma proposta tão absurda que nem os defensores do governo tem coragem de defendê-la. É uma proposta inconstitucional que não poderia ser admitida de maneira nenhuma. Nós vamos votar contra a sua admissão porque ela fere a constituição” explicou.

Durante a entrevista, Rubens criticou o fato do governo ter decretado sigilo nos dados que embasam a proposta de Reforma da Previdência.  “Um governo amador que não tem capacidade de gestão, e que está apresentando uma proposta que não tem nenhum embasamento teórico.”

“O PAÍS ESTÁ À DERIVA”

“O que a gente vê em Brasília não é oposição brigando com governo, é governo brigando com governo”, Rubens Otoni foi categórico e demonstrou preocupação com a confusão entre os membros do governo, principalmente com a falta gestão e de unidade de ação, que na opinião do deputado coloca a democracia em risco.  “Estamos vivendo um estado de exceção, o problema mais grave é que o governo não preza pela democracia.”

GOVERNO CAIADO

Rubens destacou que o governo Caiado se aproxima muito do governo Bolsonaro na incapacidade de gestão e defendeu que apesar da realidade do estado ser crítica, as dificuldades de gestão são consequências da falta de preparo. “Quem é eleito precisa apresentar soluções, não ficar só reclamando sem apresentar nenhuma proposta de solução para os problemas.”

O petista também falou sobre as eleições de 2020 e defendeu que o Partido dos Trabalhadores em Goiás está trabalhando para disputar as eleições em todos os municípios do estado.

Confira a entrevista na íntegra: