Notícias

ONU cita bolsa família como exemplo para o IDH

O Relatório para o Desenvolvimento Humano, da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado nesta semana, apresenta os programas Bolsa Família, do Brasil, e Oportunidades, do México, como exemplos de políticas públicas impulsionadoras dos avanços do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).
 
Para a ONU, desde 2008, as iniciativas suavizaram os efeitos negativos da crise internacional sobre o poder de compra dos mais pobres e trouxeram melhorias de longo prazo uma vez que as famílias, para receberem o benefício, precisam manter os filhos na escola. De acordo com o estudo, o Bolsa Família contribuiu com 20% a 25% da redução da desigualdade no País em 2008 e 2009, ao custo de 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB).
 
Com IDH de 0,744, o Brasil melhorou uma posição em relação a 2012 no ranking de países, aparecendo agora em 79º lugar entre os 187 países e territórios reconhecidos pela ONU. Os valores e rankings do IDH são calculados com base em dados internacionalmente comparáveis para saúde, educação e renda.
 
Outro ponto destacado é o aumento do salário mínimo que, segundo o relatório, foi uma resposta à crise no Brasil e contribuiu para elevar a remuneração pelo trabalho e a distribuição de renda.
 
Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-6225 / 3701-0619