Notícias

Movimentos realizam Dia Nacional de Mobilização contra o golpe

A Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo vai realizar, na próxima sexta-feira (10), o Dia Nacional de Mobilização. A manifestação tem o intuito de ocupar as ruas e avenidas de todo o país em defesa dos direitos dos brasileiros e pela retirada do presidente golpista Michel Temer do poder.

“Com menos de um mês da aplicação do golpe, a conta já chegou aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. O presidente ilegítimo e golpista, Michel Temer, não esconde o que estava por trás do afastamento ilegal da presidenta Dilma Rousseff: Reforma da previdência, com arrocho nos direitos dos trabalhadores, desvinculação do orçamento da educação e saúde, suspensão de programas sociais como Minha Casa, Minha Vida, FIES, PROUNI e PRONATEC, criminalização e perseguição dos movimentos sociais.”, diz a convocatória do evento.

O ato irá acontecer simultaneamente em diversas cidades do País. De acordo com Bruno Elias, secretário Nacional de Movimentos Populares do PT, está será uma mobilização decisiva da luta contra o golpe. Ele ressalta a importância da participação popular.

“Estamos com um golpe de Estado em curso e os primeiros dias do governo interino já mostraram certamente o programa neoliberal e conservador de Temer, então a nossa mobilização quer ganhar apoio da classe trabalhadora para esse enfrentamento, uma vez que serão os setores populares os mais atingidos por esse conjunto de retiradas de direitos anunciados nos últimos dias.”, diz.

Bruno Elias também comenta que o centro dessa mobilização é a defesa da democracia, contra o golpe e em defesa dos direitos sociais que estão sendo retirados pelo governo interino e golpista do Michel Temer. “A palavra de ordem que tem mobilizado a convocação dessa grande manifestação do dia 10 é: Não ao Golpe, Fora Temer e Em Defesa dos direitos sociais”, finaliza.

 

Comunicação Deputado Federal Rubens Otoni