Notícias

‘É totalmente injusto condenar alguém sem provas”, diz Rubens Otoni durante caravana em Luziânia

No dia em que o Supremo Tribunal Federal julga o habeas corpus de Lula, o deputado federal Rubens Otoni levou até a cidade de Luziânia, a 67ª Caravana em Defesa da Democracia, nesta quinta-feira, 22.

 

"Nosso objetivo é conversar e orientar as pessoas sobre esse importante momento em que estamos vivendo. Hoje, o STF precisa cumprir a Constituição da qual é guardião. É totalmente injusto condenar alguém sem provas", disse Otoni. 

 

A caravana foi iniciada visitando o sr. Clayton Tavares, na Empresa Goiás Plásticos, depois seguiu até a Borracharia do Posto Passarelo, onde foi recebida pela dona Ester. O deputado também visitou a comerciante Maria Sanches, a membra da direção municipal do PT, dona Inalda Viana, o relojoeiro Antônio Aquino, a dona Carmina, os padres Vanderlan e Rodrigo, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e sr José Guedes.

Foram criados, em Luziânia, cinco Comitês Populares em Defesa da Democracia e do Direito de Lula Ser Candidato.

Acompanharam a Caravana, o presidente do PT de Luziânia, Didi Viana e o vice-presidente Gabriel Fidelis.