Notícias

Dilma e Rubens defendem a Educação Infantil

Mais do que um lugar onde os pais deixam seus filhos para trabalhar, o atendimento em creches é um direito fundamental de toda criança, garantido na Constituição Federal. É também essencial para o seu desenvolvimento, já que é entre zero e três anos que as crianças desenvolvem suas principais capacidades de aprendizagem.
 
Com os recursos aprovados a partir da articulação do Governo Federal junto a deputados e senadores no Congresso Nacional, a Presidente Dilma conquistou, em forma de lei, importantes avanços para a Educação em todas as fases da vida letiva dos brasileiros. 
 
Estão garantidos os investimentos provenientes de 50% do Fundo Social do Pré-Sal e 75% dos royalties que as empresas estrangeiras pagarão ao governo graças ao regime de partilha – o equivalente a R$ 350 bilhões de reais ao longo de 35 anos.
 
Em 2007, o ex-Presidente Lula criou o Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil (ProInfância) que, desde então, está construindo 8.737 mil creches em todo o Brasil, estabelecendo parceria financeira com municípios e o Governo Federal.
 
Sabendo que a Educação Infantil é a base para um ensino de qualidade, em Goiás, Rubens Otoni trabalhou para aprovar a construção de mais 202 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Rubens também buscou recursos para a construção de novas escolas, quadras poliesportivas e aquisição de ônibus para o transporte público.
 
O Brasil possui atualmente cerca 5,3 milhões de crianças matriculadas nas 85.866 instituições públicas de educação infantil. Ao se matricularem, as crianças ganham uniformes e a alimentação fornecida pelo governo inclui todas as refeições recomendadas às crianças, das 7h30 às 17h30.
 
Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619