Arquivo mensal agosto 2017

Maioria dos deputados goianos defende distritão

Matéria publicada em Política, no jornal O Popular impresso e online – 17/08/2017

Otoni: Distritão exclui mulheres e jovens do sistema político

Matéria publicada no Diário da Manhã impresso – 16/08/2017

Políticos propõem dinheiro público para campanhas

Matéria publicada em Reforma Eleitoral, no Diário da Manhã impresso – 14/08/2017

Opiniões divergentes

Nota publicada na coluna Radar, no Diário do Estado impresso e online – 11/08/2017

Deputado Rubens Otoni crítica tentativa de implantação do parlamentarismo e pede eleições diretas e Constituinte

Matéria publicada em Política, no Ceilândia em Alerta, http://www.ceilandiaemalerta.com.br/2017/08/11/deputado-rubens-otoni-critica-tentativa-de-implantacao-do-parlamentarismo-e-pede-eleicoes-diretas-e-constituinte/ – 11/08/2017

Opiniões divididas entre os goianos

Matéria publicada em Política, no jornal O Popular impresso e online – 10/08/2017

Rubens Otoni diz que foi dia de muita disputa na Comissão Especial que prepara a proposta de Reforma Política

Matéria publicada em Política, no Ceilândia em Alerta, http://www.ceilandiaemalerta.com.br/2017/08/10/rubens-otoni-diz-que-foi-dia-de-muita-disputa-na-comissao-especial-que-prepara-a-proposta-de-reforma-politica/ – 10/08/2017

Comissão aprova distritão; PT e outros partidos são contra

A Comissão da Câmara que discute a reforma política aprovou, na madrugada desta quinta-feira, 10, emenda que prevê o distritão para escolha de deputados federais, estaduais e vereadores já nas eleições de 2018 e 2020. Antes disso, a comissão havia aprovado o texto-base da reforma política, que teve como relator Vicente Cândido (PT-SP).

Com o distritão, o estado vira um distrito eleitoral. Com isso, serão eleitos candidatos mais votados, não levando em conta os votos para partido ou a coligação. Assim, a eleição é majoritária, como acontece com a escolha pelo presidente da República, prefeito, governador e senador.

A análise da reforma política, no entanto, ainda não foi finalizada. A partir das 10h desta quinta, a comissão voltará a se reunir para debater outras emendas ao texto de Vicente Cândido. Para o distritão valer nas eleições de 2018/2020, a reforma deve ser aprovada pela Câmara e pelo Senado Federal até setembro deste ano.

Parlamentares do PT, PCdoB, PDT, PR, PSOl, PHS e PRB lançaram na quarta-feira, 9, na Câmara, uma frente ampla contra a aprovação do chamado “distritão”. O líder do PT na Câmara, deputado  Carlos Zarattini (SP), alertou que, diferentemente do que o PMDB e o PSDB afirmam, não há consenso sobre o Distritão.

Para o deputado federal Rubens Otoni a margem apertada da votação para o distritão, 17×15, demonstrou que a discussão está em aberto. “No plenário poderá ser outra história visto que precisarão de 308 votos em 513 para aprová-la definitivamente”, afirmou. Ele ainda ressaltou, “o distritão é um desastre para o debate de projetos e para o fortalecimento da visão partidária”.

 

 

Uma semana após a Câmara rejeitar denúncia contra Temer, relembre o voto dos deputados goianos

Matéria publicada em Política, no jornal O Popular online, http://www.opopular.com.br/editorias/politica/uma-semana-ap%C3%B3s-a-c%C3%A2mara-rejeitar-den%C3%BAncia-contra-temer-relembre-o-voto-dos-deputados-goianos-1.1324991 – 09/08/2017

PT não deve fazer alianças com PMDB em Goiás, afirma deputado federal Rubens Otoni

Matéria publicada em Política, no Ceilândia em Alerta, http://www.ceilandiaemalerta.com.br/2017/08/09/pt-nao-deve-fazer-aliancas-com-pmdb-em-goias-afirma-deputado-federal-rubens-otoni/ – 09/08/2017