Arquivo mensal março 2016

Voto aberto

Nota publicada na Agenda, Folha de Notícias – 29/03/2016.

Rubens Otoni diz que oposição perdeu a paciência de disputar eleição

Matéria divulgada em Política e Cidades, www.portal730.com.br – 28/03/2016.

Oposição alimenta crise econômica para tentar dar golpe politico, afirma Rubens Otoni

Matéria divulgada em Política, www.diariodegoias.com.br – 28/03/2016.

PMDB abre precedente para oficializar fim da união em Goiânia

Matéria publicada em Política, Tribuna do Planalto – 27/03 a 02/04/2016.

Só dois

Nota publicada na Coluna Giro, Jornal O Popular – 26/03/2016.

Pró-Dilma

Nota publicada na Coluna Fio Direto, Diário da Manhã – 24/03/2016.

31 de março Dia de Mobilização Nacional

As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que reúnem dezenas de entidades do movimento social brasileiro, decidiram promover conjuntamente o Dia Nacional de Mobilização no dia 31 de março com uma Marcha a Brasília, além de manifestações em várias cidades brasileiras. Em Goiânia o ato está marcado para acontecer na Praça Cívica, a partir das 17 horas. Reserva essa data! Participe! Todos em defesa da Democracia, dos direitos sociais e contra o golpe.

Comunicação Deputado Federal Rubens Otoni 

Todos em defesa da Democracia

Dia 18 de março de 2016, uma data que vai entrar para a história do País! Foi nesse dia que movimentos sociais, sindicais, estudantil e trabalhadores foram para as ruas em defesa da Democracia, dos direitos sociais e contra o golpe.

Organizado pela Frente Brasil Popular, o dia 18 de março reuniu 1,35 milhão de pessoas em 24 estados e no Distrito Federal, conforme levantamento da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Só em São Paulo foram 500 mil pessoas, além de 200 mil em Recife, 100 mil em Salvador e 100 mil em Fortaleza.

Em Goiânia, o ato contou com a participação do Deputado Federal Rubens Otoni (PT), além da presença do prefeito da capital Paulo Garcia (PT), dos deputados estaduais Luís Cesar Bueno (PT) e Adriana Accorsi (PT), e de outras lideranças políticas e sociais.

“Esse protesto foi contra uma elite política que perdeu a eleição passada e não se conforma com a derrota. Protestamos contra o golpe que estão tentado aplicar contra o governo, contra um governo legitimamente aprovado pelo povo e que tem o apoio de toda a população que luta por um país justo e sem privilégios”, analisou Rubens Otoni.

Conforme prometeram, os participantes do ato realizaram um evento pacífico, acompanhados por vários grupos de música, convidados por movimentos sociais e entidades culturais. Dentre as principais palavras de ordem, foram gritadas as frases “Fora Cunha”, “Não vai ter golpe” e "Lula, guerreiro do povo brasileiro".

 

Comunicação Deputado Federal Rubens Otoni 

Planetário de Anápolis oferece curso rápido de Astronomia

O Planetário Digital de Anápolis atrai anualmente mais de 60 mil visitantes. São muitas as programações relacionadas à astronomia que contribuem para a formação educacional da população. Para ampliar esses serviços, a unidade oferece o Curso de Introdução à Astronomia, todas as terças e quintas, das 19 às 21 horas.

Os visitantes tem a oportunidade de aprender o movimento da lua, das marés, estações do ano e outros conhecimentos que influenciam no dia a dia das pessoas. O curso é gratuito e as inscrições podem ser feitas pelo telefone (62) 3902-2728 ou no balcão do Planetário. A capacitação será oferecida durante todo o ano. 

Planetário Digital

Inaugurado há dois anos, o espaço recebeu mais de 60 mil visitantes em 2015 e segue recebendo um número grande de pessoas. Com cerca de 1.200 m² de área construída, o Planetário Digital de Anápolis conta com três espaços. O primeiro é o Planetário Digital – Espaço Imersivo Multidisciplinar onde são realizadas as projeções digitais fulldome e conta com uma cúpula em formato hemisférico de 10 metros de diâmetro com capacidade de acomodar até 70 pessoas em confortáveis poltronas em um espaço que possibilita a apresentação dos mais diversos espetáculos visuais.

O segundo ambiente é o Observatório Astronômico onde é possível fazer observações dos corpos celestes por meio de um conjunto de quatro telescópios. O contato direto com os astros permite que as pessoas aprendam mais sobre a dimensão no espaço e sua importância para o planeta Terra.

O Planetário também conta com o Espaço de Ciências Afins, com duas salas, onde é possível realizar uma interação e desenvolvimento de atividades de ciências e tecnologia, e promover o conhecimento e educação em salas exclusivas para crianças, com vários modelos pedagógicos para aprenderem de forma lúdica. Nesta parte do planetário são realizadas também oficinas para jovens nas áreas de Matemática, Química, Física, Biologia, Astronomia e ainda mostra de filmes e vídeos educacionais e científicos, realizados com caráter multidisciplinar de forma diferenciada e dinâmica.

 

Comunicação Deputado Federal Rubens Otoni 

Não há democracia sem respeito à Constituição, diz professor da UnB

O Encontro com Juristas pela Legalidade e em Defesa da Democracia, na terça-feira, dia 22, no Palácio do Planalto, foi realizado em um “momento extremamente difícil de tensão da Constituição com a democracia”, avalia o professor de Direito Constitucional da Universidade de Brasília, Menelick de Carvalho Netto. Ele alerta que é necessário que se garanta o respeito à Constituição para a manutenção da democracia.

“É algo que para nós é muito básico hoje: não tem democracia nenhuma se não houver limite constitucional, respeito à própria Constituição; também, não tem democracia nenhuma sem respeito às minorias. Esses dois conceitos hoje se imbricam e se requerem reciprocamente”, disse.

O encontro dos juristas, segundo ele, não se resume a uma defesa do governo. A importância reside em se mostrar a necessidade do respeito às instituições democráticas. “É a Constituição que está em risco se uma maioria puder fazer o que quiser, quando quiser, a hora que quiser e com o apoio de imprensa que tem tido. A democracia requer também limites, respeito a processos: ninguém pode ser pré-julgado, condenado previamente”.

E essa visão é compartilhada pelo subprocurador-geral da República, João Pedro de Sabóia de Mello Filho. “A importância desse encontro não está, ao meu ver, no apoio a um determinado presidente, a um determinado partido ou mesmo a uma determinada forma de governo. A importância desse encontro reside na defesa do Estado de direito ameaçado”, afirma.

Ele também chama a atenção para o desrespeito a preceitos institucionais que estão ocorrendo no País. Mello Filho citou a “publicidade opressiva” interferindo no trabalho dos tribunais, a ignorância do princípio constitucional de presunção de inocência e o desrespeito à garantia do sigilo das comunicações telefônicas.

“Enfim, estamos tendo a impressão de que os processos, tanto o jurídico quanto o político, estão sendo manipulados com a finalidade claramente eleitoral de colocar no governo pessoas que vão fazer um retrocesso nas conquistas dos mais pobres”, disse o subprocurador. 

“Querem flexibilizar a legislação trabalhista, querem acabar ou pelo menos diminuir significativamente programas sociais, enfim, querem que o pobre fique eternamente passando fome. Ora, isto, nós que lutamos pelo direito como instrumento de justiça social, não vamos assistir de braços cruzados”.

 

Comunicação Deputado Federal Rubens Otoni