Arquivo mensal fevereiro 2015

Financiamento de campanhas é tema que mais divide comissão da reforma política

Nota divulgada em Política, www.midiacon.com.br – 24/02/2015.

Comissão debaterá sistema eleitoral e financiamento de campanhas com a sociedade

Matéria divulgada em Notícia, www.cenariomt.com.br – 24/02/2015.

Comissão da reforma política inicia trabalhos nesta terça-feira

Matéria divulgada em País, www.jb.com.br – 24/02/2015.

Sociedade civil será chamada para discutir reforma política

Matéria divulgada em País, www.jb.com.br – 24/02/2015.

Otoni se reúne com jovens de Aparecida de Goiânia

Sempre presente ao lado dos jovens goianos, o deputado Rubens Otoni esteve no último domingo (22) com um grupo de Aparecida de Goiânia. Em um ambiente descontraído, o bate papo com a garotada foi produtivo e questionou a juventude para uma vida mais participativa na política.

“Tenho muita satisfação de estar ao lado desses jovens. A prática de realizar encontros nos municípios é constante em nosso mandato e aproveitamos a oportunidade para ressaltar a necessidade da inclusão da juventude na atividade política, na criação de novas lideranças e, claro, informá-los sobre seus direitos”, destaca Otoni.

Ao final da reunião, foi distribuída aos presentes a cartilha com o Estatuto da Juventude, criada pelo mandato popular do deputado Rubens Otoni para contribuir com a inclusão e a preparação do jovem para a atividade política.

Deu vontade de saber mais sobre o Estatuto da Juventude? Acesse aqui.

 

Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619

Comissão da reforma política define roteiro de trabalho

A comissão especial da reforma política aprovou hoje (24) uma série de requerimentos para a realização de audiências públicas. O deputado federal Rubens Otoni, 1º vice-presidente da Comissão e único deputado titular de Goiás, participou da reunião. “Entendemos que a discussão sobre a reforma política no Brasil deve chegar à todos os brasileiros. Para isso, a importância de descentralizar o debate nos segmentos da sociedade”, pontuou Rubens, que já percorreu nos últimos anos dezenas de cidades goianas conversando com as pessoas sobre o assunto.

Ficou definido que a comissão discutirá o tema com representantes de entidades da sociedade civil, como a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e sindicatos. Também ficou acertado que serão convidados para os debates o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes; o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Dias Toffoli; e o procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot.

Para Otoni, a diminuição do poder econômico nas eleições, o financiamento público de campanha e a participação popular como forma de diminuir a distância entre os representantes e os representados são questões primordiais nesta discussão.

 

Texto: Câmara dos Deputados / Publica Marketing Digital

Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619

O retorno de Lula

Nota publicada na Coluna Resenha, Diário do Norte – 23/02 a 01/03/2015.

MST ESTIMULA ÊXODO URBANO COM A FAZENDA DE EUNÍCIO

Matéria divulgada em Goiás 247, www.brasil247.com.br – 23/02/2015.

Otoni defende aliança PT-PMDB

Matéria publicada em Política & Justiça, Diário da Manhã – 23/02/2015.

Para Otoni, o papel da oposição tem sido fragilizar a Petrobrás

“Já estamos andando o Estado conversando com as pessoas, iniciando cursos, reforçando nomes, formando nossos militantes, preparando possíveis candidatos e, evidentemente, trabalhando para avançarmos nas articulações políticas”, disse o deputado federal Rubens Otoni durante entrevista na Rádio Bandeirantes, de Goiânia, nesta segunda-feira (23).

 

Segundo Otoni, em 2016, as alianças do PT em Goiásserão feitas de acordo com a realidade de cada município, entendendo que a prioridade do partido é a união com legendas que apoiem o projeto nacional coordenado pela presidenta Dilma Rousseff. Em Goiânia, o petista acredita que PT e PMDB devem continuar caminhando juntos. “Esta é uma aliança vitoriosa e acho natural da parte dos dois partidos que haja o interesse de mantê-la”, disse.

 

Quando perguntado sobre o lançamento da candidatura própria do PT ao governo do Estado em 2014, o parlamentar esclareceu que essa tomada de decisão aconteceu principalmente pela indefinição do próprio PMDB em definir seu candidato. “Diante disso, o PT não ficou refém e nos organizamos para apoiarmos um nome. Fizemos uma campanha limpa e propositiva. O Antônio Gomide construiu um nome, apresentou o grande trabalho realizado na Prefeitura de Anápolis e é, inegavelmente, uma liderança política em Goiás”, destacou.

 

Durante a entrevista, o deputado foi questionado sobre os desdobramentos do caso Petrobrás e aproveitou para deixar sua posição a favor da punição de todos aqueles que cometeram irregularidades. Ainda durante sua fala, disse que o que mais o preocupa é a mobilização negativa feita por partidos de oposição que não buscam fortalecer a Petrobrás, mas sim enfraquecê-la, fragilizá-la para depois quem sabe trabalhar sua privatização como pensaram lá atrás no governo do PSDB. Otimista, Otoni diz que os problemas enfrentados hoje pelo Partido dos Trabalhadores serão superados ainda em 2015. “Com o pulso firme da nossa presidenta Dilma vamos reverter às dificuldades enfrentadas, não há dúvida disso”, pontuou.

 

Reforma Política

 

Otoni que é o 1º vice-presidente da Comissão Especial da Reforma Política e único deputado goiano titular no grupo, também reforçou aos ouvintes seu ponto de vista na discussão.Ele considera que a revisão do financiamento, a pulverização da representação e a redução da distância entre os eleitores e a classe política devem ser prioridades na reforma. “Não podemos admitir que os representantes sejam escolhidos muito mais pelo dinheiro e pela estrutura do que pelas ideias que têm na cabeça”, diz.

 

Clique aqui e ouça a entrevista completa de Rubens Otoni à Rádio Bandeirantes.

 

Texto: Publica Marketing Digital