Arquivo mensal outubro 2014

Eleitores de 26 municípios goianos votarão por meio sistema biométrico

No próximo dia 5, em todo o Brasil, os eleitores vão escolher o novo Presidente da República, com seu respectivo Vice-Presidente. Na mesma data, serão escolhidos Deputados Estaduais, Deputados Federais, Senadores, Governadores, com seus Vices. 
 
A Justiça Eleitoral Brasileira, com o objetivo de garantir um sistema de votação verdadeiramente democrático e mais seguro, vem, gradativamente, implementando a biometria, com o cadastro das impressões digitais dos eleitores. Esse sistema impede que uma pessoa tente se passar por outra na hora de votar.
 
Lançado em 2008, o recadastramento biométrico já alcançou 23.851.673 eleitores em todo o Brasil, de um total de 142.822.046 votantes. Em Goiás, há 4.331.733 cidadãos aptos a votar, dentre os quais 1.779.314 (41 % do eleitorado) por meio de identificação biométrica.    
 
Nas Eleições 2014, 26 municípios goianos identificarão seus votantes pelo sistema biométrico. São eles: Goiânia, Abadia de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Brazabrantes, Caldazinha, Campestre de Goiás, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Corumbá de Goiás, Cocalzinho, Damolândia, Goianira, Goianápolis, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás e Trindade. 
 
Zonas eleitorais 
 
Goiás possui 130 zonas eleitorais, 14.165 seções Eleitorais, com 13.145 mesas receptoras de votos. As zonas eleitorais representam as circunscrições eleitorais, que podem ou não coincidir com os espaços territoriais dos municípios. Algumas abrangem mais de um município, assim como há outros que possuem mais de uma zona Eleitoral.
 
Já as seções eleitorais são os locais onde funcionam as mesas receptoras de votos, composta de mesários nomeados pelos Juízes Eleitorais. É nesses espaços que os eleitores serão recepcionados para votarem e também é onde serão instaladas as urnas eletrônicas, equipamentos que registram os votos. Este ano, Goiás terá 16.065 urnas eletrônicas, das quais 6.235 são biométricas e 2.920 são urnas de contingência (reserva).  
 
Com informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO)
 
Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619

 
 
                                                                                                                                             
 

Gomide vai investir no transporte urbano

Nos médios e grandes municípios brasileiros, um dos grandes problemas enfrentados têm sido o trânsito caótico e o transporte público ineficiente oferecido. Em Goiás, o candidato ao Governo do Estado, Antônio Gomide, tem como prioridade ações relacionadas à mobilidade urbana, conforme seu plano de governo.

Na região metropolitana de Goiânia, ele pretende implantar seis corredores exclusivos para o tráfego dos ônibus nas principais avenidas, além de trabalhar pela consolidação dos BRT’s, que ligarão os extremos norte e sul da região. O sistema BRT é considerando um dos mais eficientes e com menor custeio, sendo modelo em algumas metrópoles brasileiras, a exemplo de Brasília, reduzindo o tempo das viagens com veículos em faixas exclusivas e que não tem seu tráfego interrompido pelos cruzamentos.

“O governo precisa desempenhar seu papel investindo em infraestrutura, tanto nas vias e estradas, quanto no transporte público urbano. Um bom Governador deve assumir tal responsabilidade em conjunto com o Governo Federal. Só assim minimizaremos os problemas existentes nas regiões mais populosas”, afirma Gomide.

Eixo Anhanguera

Outra proposta do petista para o transporte público de Goiânia é melhorar o funcionamento do Eixo Anhanguera, inclusive, ampliando-o. O petista vai aumentar em 20% a frota dos ônibus, diminuindo a lotação dos que fazem a cobertura na capital. “Vamos mudar os veículos que operam nos principais terminais para carros articulados”, destaca.

Para a região do Entorno do Distrito Federal, ele acredita que é ainda mais importante a parceria com o Governo Federal. Gomide vai trabalhar pela implantação de oito terminais de integração nas principais cidades da região e pela expansão do sistema BRT, já operado em Brasília, nas cidades de Luziânia, Formosa, Águas Lindas e Novo Gama.

“Para termos cidades com cada vez mais qualidade de vida, a sociedade precisa fazer opção pelo transporte público e isto não é nenhum desafio se o serviço for de excelência”, acredita Gomide.

Com informações da Equipe Antônio Gomide

Assessoria de Comunicação
assessoria.imprensa@rubensotoni.com
(62) 3092-1013 / 3701-0619

 

Nota da Executiva Estadual do PT

Por solicitação da Executiva Estadual, o Vereador Tayrone Di Martino assumiu o compromisso, para não prejudicar o pleito estadual, de não apresentar qualquer solicitação de renúncia por escrita ao partido e também à Justiça Eleitoral.

Comissão Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores de Goiás